PERGUNTAS FREQUENTES

Evite multas e riscos na estrada no fim de ano

Confira as principais infrações mais cometidas nesse período nas rodovias

O aumento do movimento de veículos e os congestionamentos nas estradas durante as festas de fim de ano é algo que já se tornou comum no país. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o número de multas neste período aumenta cerca de 40% em relação aos demais meses do ano.
Entre as principais infrações cometidas pelos motoristas está trafegar pelo acostamento, ultrapassar o limite de velocidade da via e dirigir alcoolizado. Para se ter uma ideia, desde a aprovação da chamada Lei Seca, em junho de 2008, foram realizados 2,7 milhões de testes de bafômetro nas rodovias e estradas federais brasileiras. Deste total, 82 mil motoristas estavam embriagados e 34 mil foram presos em flagrante, informa o órgão.
Quem exceder em 20% o limite de velocidade máxima da via recebe multa de R$ 85,13 (grave) e quatro pontos na carteira. Ultrapassar os 20% até 50% do permitido, a multa sobe para R$ 127,69 (grave) e quatro pontos. Agora, quem transitar em velocidade superior aos 50% sofre multa de R$ 574,62 (gravíssima) e sete pontos na habilitação.
No caso de trafegar pelo acostamento, o valor é de R$ 574,62 (gravíssima), mais sete pontos na carteira. Já guiar sob efeito de bebidas ou drogas, dependendo da quantidade de álcool presente no sangue, a multa pode chegar a R$ 957,69, com suspensão do direito de dirigir e detenção de seis meses a três anos.
Sendo assim, nunca é demais reforçar algumas dicas básicas para que a viagem seja tranquila e sem grandes tumultos pelo caminho. A primeira de todas é priorizar a sua vida e a dos ocupantes que estão no veículo. O objetivo principal deve ser chegar, em vez de “tentar chegar mais rápido”. Por isso, respeite o limite de velocidade das rodovias, principalmente nas quais o tráfego de caminhões é mais intenso, ou quando for uma via de mão dupla.
No segundo caso, siga as regras do Código de Trânsito Brasileiro para executar as ultrapassagens. Às vezes, realizar uma manobra perigosa pode dar poucos segundos de vantagem na hora de chegar ao destino, um risco que acaba não valendo a pena no final da viagem. Por último, um alerta que deve ser lembrado sempre quando o assunto é segurança na estrada: evite bebidas alcoólicas um dia antes e durante a viagem.

Outras infrações

Além das infrações mais praticadas, há aquelas mais brandas, mas que também podem gerar pontos na carteira e pesar no bolso. Alguns exemplos: dirigir com a mão para fora do veículo ou com apenas uma delas no volante, jogar latinhas, cigarro ou lixo nas vias, falar no celular, não usar o cinto de segurança, excesso de pessoas no carro, transportar crianças pequenas sem cadeirinhas, levar animais na caçamba do veículo, entre outras.
Na maioria dos casos a multa é baixa, R$ 85,13 (leve), com quatro pontos na carteira. Porém, elas são tão simples de evitar, que não vale o risco de acumular pontos na carteira de habilitação.

Operação Fim de Ano

Começou na última sexta-feira (16) a operação Fim de Ano da Polícia Rodoviária Federal. Nos 68 mil quilômetros de rodovias federais, cerca de 9.200 agentes se revezarão em escalas especiais até o retorno das festas de Réveillon. A fiscalização visa combater as infrações de trânsito e condutas de risco por parte dos motoristas e se encerra &ag

comprar passagem




BREDA TRANSPORTES E SERVIÇOS S/A
Av. Dom Jaime de Barros Camara, 300 - Planalto - São Bernardo do Campo - SP
CEP: 09895-400 l Tel: (11) 4355-1500 | CNPJ: 05.160.935/0001-59
E-mail: faleconosco@bredaservicos.com.br | SAC: 0800 779 4990